Renomados músicos brasileiros visitam hospitais em Curitiba

(Foto: reprodução/Facebook)

Uma mistura de sons, palmas e experiências sonoras. É essa a proposta que o projeto Ad Cordis leva a pacientes de hospitais, em Curitiba. O nome do grupo vem do latim – significa “do coração”. É de lá que vêm as apresentações, sempre interativas e cheias de significado.

A diretora do projeto, Elza Carneiro, conta que a ideia é levar leveza e alegria para o ambiente hospitalar por meio da música instrumental.

Na manhã desta segunda-feira (20), o quarteto Helio Brandão esteve no Hospital Pequeno Príncipe. A apresentação é na Praça do Bibinha, dentro do Hospital, mas os músicos também percorrem alguns quartos para chegar até crianças que não podem sair do leito.

O projeto ainda vai promover duas apresentações fora do ambiente hospitalar e abertas ao público em geral. No dia 6 de setembro, Yamandu Costa e Renato Borghetti se apresentam no Guairão. Os ingressos custam a partir de 31 reais e toda a renda vai ser revertida para o Complexo Pequeno Príncipe.

Já no feriado do dia 7, um espetáculo musicado vai explorar ritmos unindo a batida do coração, os sons de percussão na música brasileira e na música norte americana. A entrada é de graça e os ingressos devem ser retirados na bilheteria do teatro.

Reportagem: Ana Flávia Silva

(Foto: reprodução/Facebook)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*