Sem mortes há 39 dias, BR 116 registra marco histórico

(Foto: divulgação)

O trecho da BR 116, que vai de Curitiba até Capão Alto, na divisa com Rio Grande do Sul, está há 39 dias sem mortes na estrada. O resultado é considerado um marco histórico na rodovia. O primeiro recorde ocorreu em julho de 2017, quando esse trecho da BR-116 ficou 48 dias sem óbitos.

Houve redução também no período de janeiro a novembro de 2019, se comparado ao mesmo período do ano anterior – 34 óbitos em 2018, e 25 em 2019 – redução de 26,5%. A concessionária Arteris Planalto Sul, que administra o trecho, considera que as obras de engenharia, implantação de sinalização e melhoria no pavimento contribuem para o bom resultado.

Uma dessas campanhas é o Serra Segura, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, que só em 2019 teve 52 edições. Itens de segurança de caminhões, como sistemas de freios e condições dos pneus são verificados, e caso apresentem irregularidades são retidos. Durante esse ano foram mais de 3.600 veículos fiscalizados somente no trecho concedido à Planalto Sul.

Reportagem: Lorena Pelanda