ParanáServiços

Semana começa com mais de 13mil vagas disponíveis no Paraná

A maior quantidade de vagas está nas Agências do Trabalhador da RMC

 Semana começa com mais de 13mil vagas disponíveis no Paraná

Foto: José Fernando Ogura/ANPr

A semana começa com 13.902 vagas de emprego, com carteira assinada, nas Agências do Trabalhador do estado. A maior quantidade de oportunidades é para auxiliar de linha de produção com 3.666 oportunidades em todo o Paraná.

Veja mais:

A Região Metropolitana de Curitiba (RMC) possui o maior número de vagas, sendo 2.846 no geral, destas, 450 são para operador de telemarketing. Também há 147 oportunidades para auxiliar de logística e 128 para auxiliar de linha produção.

A regional de Toledo aparece na sequência com 2.633 vagas.

Nas demais regionais do interior são destaques Cascavel com 1.320 oportunidades, Londrina com 1.016 e Umuarama com 835 vagas. Em Apucarana, são 801 oportunidades disponíveis.

Os interessados em ocupar as vagas devem entrar em contato com a unidade da Agência do Trabalhador de seu município. A sugestão é para que o atendimento seja feito com horário marcado. Para agendar basta clicar aqui.

Aqui você confere as principais vagas disponíveis.

Reportagem: redação.

felipe.costa

Litoral paranaense tem alerta vermelho para acumulados de chuva

Litoral paranaense tem alerta vermelho para acumulados de chuva

Há risco de alagamentos, transbordamento de rios e deslizamentos, com chuva de até 100 mm/dia

Guarapuava volta a exigir máscaras em caso de sintomas respiratórios

Guarapuava volta a exigir máscaras em caso de sintomas respiratórios

O uso também é obrigatório no aeroporto, em hospitais e outros estabelecimentos de saúde

Cadeira Anfíbia: profissionais são capacitados para o uso do equipamento

Cadeira Anfíbia: profissionais são capacitados para o uso do equipamento

As cadeiras anfíbias permitem o acesso de pessoas com deficiência à areia e ao mar

Expectativa de vida aumenta para 78,5 anos no Paraná

Expectativa de vida aumenta para 78,5 anos no Paraná

Com o censo populacional defasado, os dados ainda não consideram a pandemia do coronavírus