ParanáEconomia

Tarifa “mais barata” do gás natural canalizado entra em vigor

Valores têm redução média de 1,34%, segundo o Governo

 Tarifa “mais barata” do gás natural canalizado entra em vigor

Foto: Ana Carolina Bendlin/Agepar

Passa a valer, nesta quinta-feira (01), a nova tarifa do gás natural canalizado, no Paraná. Segundo o Governo, os valores têm redução média de 1,34% e podem variar de acordo com o segmento e a faixa de consumo.

A tabela completa com os novos valores para todos os segmentos e faixas de consumo será publicada em Diário Oficial.

O Governo cita que, para a nova tarifa, foram consideradas variações e atualizações em pelo menos três itens: custo médio ponderado de gás (que é o valor de compra); margens de distribuição (que considera a remuneração da companhia para oferecer o serviço); e repasse da parcela de recuperação da chamada Conta Gráfica.

O Estado diz que a Conta Gráfica é um mecanismo “regulatório”. Com esse instrumento, é possível conter grandes oscilações por conta da flutuação da taxa de câmbio e do preço do petróleo.

A nova tarifa do gás natural canalizado foi homologada pelo Conselho Diretor da Agepar (a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná).

LEIA TAMBÉM

A agência é uma autarquia em regime especial, criada para regular e fiscalizar os serviços públicos operados por outras empresas, públicas ou privadas.

Atualmente, a Agepar acompanha serviços de transporte público intermunicipal de passageiros; transporte de passageiros da Região Metropolitana de Curitiba; travessias marítimas e fluviais; saneamento básico; distribuição de gás canalizado; e serviços públicos na área de trânsito (os pátios veiculares).

Foto: Divulgação

Avatar

Cleverson Bravo

Homem invade casa e atira 16 vezes contra moradores

Homem invade casa e atira 16 vezes contra moradores

O caso aconteceu em Antonina no litoral do Paraná

Tenente-coronel bombeiro é investigado por assédio sexual contra subordinada

Tenente-coronel bombeiro é investigado por assédio sexual contra subordinada

De acordo com a denúncia do MP-PR, o caso aconteceu em Maringá, noroeste do Paraná

Mais de 300 toneladas de lixo são retiradas das praias

Mais de 300 toneladas de lixo são retiradas das praias

Limpeza foi feita em 48 quilômetros da orla de três balneários

Suspeito de furtar Banco Central de Fortaleza é preso

Suspeito de furtar Banco Central de Fortaleza é preso

Homem utilizava outra identidade e foi localizado em Londrina, no norte do Paraná