Vereadores prestam homenagem à primeira motorista de ônibus de Paranaguá

Foto: Arquivo Pessoal/ Angel Salgado

A primeira mulher motorista de ônibus de Paranaguá recebeu ontem, quarta-feira (05), o Título de Honra ao Mérito da Câmara Municipal. Arlete Lopes dos Santos dedicou 7 anos e 10 meses à profissão, num período em que não era comum ver mulheres dirigindo coletivos na cidade.

Aos 75 anos ela lembra do início da carreira, em 1990, período que sofreu preconceito por ser mulher, mas com o tempo a discriminação foi dando lugar ao reconhecimento.

Arlete teve 8 filhos e antes de ser motorista de ônibus trabalhou na Santa Casa de Misericórdia de Paranaguá. Depois de ficar três anos desempregada, ela começou a trabalhar como cobradora da empresa de ônibus.

Como já tinha a habilitação foi incentivada pelos colegas a fazer o teste para motorista. Foi aprovada, garantiu sua vaga e, depois de uma semana, já estava no volante. Após deixar a empresa de ônibus, em 1996, Arlete seguiu na estrada, desta vez dirigindo um caminhão. Aposentada há 8 anos ela deixou pra trás a vida no volante.

A solenidade de entrega de Título de Honra ao Mérito pela Câmara de Vereadores foi uma homenagem à pioneira que venceu o preconceito para seguir na sua profissão.

Reportagem: Kelly Frizzo

Foto: Arquivo Pessoal/ Angel Salgado

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*