Volta às aulas: escola faz oficina com pais, crianças e professores para ajudar na adaptação

(Foto: Divulgação/SME)

Nos primeiros anos da vida escolar é importante que a família esteja integrada a todo o processo, principalmente neste momento de volta às aulas. Pensando nisto, uma escola de Curitiba oferece atividades para que as crianças, os pais e os educadores possam estabelecer vínculos. Esta inserção é feita de acordo com a idade e o período.

No infantil 1, de 0 a 3 anos, a integração pode durar até três semanas: na primeira os pais ficam em sala de aula; na segunda, em atividades na unidade. É o caso da Karine dos Santos Silva Mello. Ela tem uma filha de 2 anos que estuda no Centro Educacional Marista. Segundo Karine, as oficinas e a vivência fizeram a diferença.

De acordo com a especialista em educação infantil da Rede Marista, Marcia Nanaka, a escola decidiu fazer a ação desde o ano passado e o resultado tem sido positivo.

Para enfrentar este momento com mais tranquilidade, já que muitas vezes é a primeira vez dos pais deixarem os pequenos, a dica da especialista é estabelecer um diálogo entre família e o centro de educação. Apresentar a criança para a professora e adultos da escola, contar com a presença de alguém em que ela confie é fundamental, pois trata-se de um espaço ainda estranho para ela. É importante também incentivar e explicar que aquele momento é passageiro.

E no momento de choro, a recomendação é de que os pais não banalizem, mas tentem conversar com os pequenos, e expliquem situação. Para o primeiro dia, a especialista sugere que a criança leve um objeto de sua preferência. Esse objeto representa uma conexão entre ela e a família.

Reportagem: Alexandra Fernandes

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*