Beto Richa disse que está à disposição da Justiça para contribuir com a continuidade da Operação Quadro Negro

Foto: Orlando Kissner/ANPr

O governador Beto Richa (PSDB) disse que está à disposição da Justiça no que for necessário para contribuir com a continuidade da investigação da Operação Quadro Negro. A declaração foi dada depois da Polícia Federal intimar para prestar depoimento os investigados na operação que apura desvios de até 20 milhões de reais em obras de escolas do Paraná. Os depoimentos vão ser dados dentro do inquérito que está no Supremo Tribunal Federal. Essa parte da investigação está lá por causa da possibilidade de envolvimento de políticos com foro privilegiado no caso.  O dono da Valor Construtora, Eduardo Lopes de Souza, fechou um acordo de colaboração premiada que apontou que o dinheiro desviado abastecia a campanha de reeleição de Beto Richa. Segundo o governador, o Estado é o maior interessado em que tudo se esclareça. Beto Richa disse que está tranquilo com relação ao andamento da operação.

O governador também comentou sobre as eleições desse ano. Depois de declarar na semana passada que não deveria sair do governo para se candidatar ao Senado, agora, Beto Richa disse que ainda não definiu se vai ser candidato ou se continua no governo até o fim do mandato. Richa disse que está inclinado a permanecer no governo.

O governador disse que deve definir a situação dele para as eleições em até um mês.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*