Empréstimo de 138 mi para obras na Arena da Baixada é liberado

O empréstimo de 138 milhões de reais para obras na Arena da Baixada foi autorizado hoje pelos deputados estaduais. O projeto foi aprovado em primeiro turno com 31 votos favoráveis e apenas nove contrários. O dinheiro vem do Banco Nacional de Desenvolvimento, o BNDES, para o Fundo de Desenvolvimento do Estado, que vai repassar para o Atlético Paranaense. Como garantias o clube tem o CT do Caju e os títulos do potencial construtivo. O projeto estava na pauta ontem, mas foi retirado depois que o presidente da Comissão de Esporte, o deputado Ney Leprevost (PSD), questionou a tramitação relâmpago da proposta, que sequer passou pelas comissões de Esportes e de Turismo. Leprevost analisou o projeto em apenas 24 horas. Ele reconhece que um empréstimo em um valor tão alto deveria ser estudado com mais cautela, mas diz que os deputados estão pressionados pelo atraso nas obras da Arena.

Para o deputado de oposição Tadeu Veneri (PT) o empréstimo é questionável porque a Arena da Baixada é um estádio privado.

O líder do governo na Assembleia, deputado Ademar Traiano, pediu a transformação do plenário da Casa em comissão geral amanhã, para acelerar a votação da proposta. Com isso, o texto será discutido em segundo e terceiro turno na quarta e segue para a sanção do governador.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*