“Fere os direitos constitucionais”, diz presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas sobre a prisão do ex-presidente

A emissão do mandado de prisão do ex-presidente Lula foi recebida com surpresa pela Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim). O juiz Sergio Moro emitiu o mandado na tarde de ontem (05), mesmo com a possibilidade de apresentação de recursos pela defesa de Lula.

O  presidente da Abracrim, Elias Mattar Assad, afirma que a decisão causou estranheza e fere os direitos constitucionais do país.

A ordem judicial determina que ele se apresente à Polícia Federal em Curitiba até as 17h desta sexta-feira (6).

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*