Novo traçado do Contorno Norte pode passar por faixa reservada para Corredor Metropolitano

Foto: Divulgação / Comec

Foto: Divulgação / Comec

O novo traçado do projeto do Contorno Norte, trecho que liga a Rodovia da Uva até a BR 116, em Colombo, pode passar por uma faixa que havia sido reservada para o Corredor Metropolitano.

A alternativa foi apresentada ontem (quinta-feira, 04) à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília, pela Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba). O projeto resgata o traçado feito em 2010 como obra do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Copa.

Na época, o desenho não saiu do papel. Antes mesmo das obras começarem, o projeto foi cancelado. Na ocasião, o governo do estado alegou que o orçamento ficaria trezentos milhões de reais mais caro do que o previsto. O projeto inicial do Contorno Norte foi feito há quase quarenta anos. Durante este tempo, a rodovia passou por vários ajustes.

A proposta de revitalização do Contorno está em pauta há anos, no entanto, até hoje não foi possível iniciar a restruturação, por causa da indefinição do traçado. Em 2014, a concessionária Arteris (Autopista Regis Bittencourt) – responsável pela rodovia – apresentou um projeto.

Entretanto, as exigências do Ibama impossibilitaram o início das obras. A rota traçada pela concessionária cortaria um trecho de uma reserva ambiental – que é fonte de pesquisas a mais de 30 anos. A proposta apresentada ontem (quinta-feira, 04) tem como objetivo solucionar a conclusão da restauração do Contorno Norte, sem prejudicar a área ecológica.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*