Perícia deve apontar causa de acidente que matou ex-jogador do Paraná Clube

Foto: BandNews Curitiba

Uma perícia deve apontar as causas do acidente que matou o ex-jogador do Paraná Clube, Jonas Pessali, de 26 anos. O atleta morreu na madrugada de hoje após bater o carro contra um poste. Ele morreu na hora e o amigo dele, que estava no banco do passageiro, teve apenas ferimentos leves. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas, mas, segundo informações da equipe dos bombeiros que atendeu a ocorrência, ele havia se perdido em uma curva e colidido depois. O poste caiu em cima do carro dele.

O velório e o enterro devem ocorrer no Rio Grande do Sul, mas ainda nada foi definido. O jogador havia sido contratado em janeiro pelo Tricolor, mas jogou apenas oito jogos, marcou um gol e havia sido dispensado da equipe.

O Tricolor se pronunciou oficialmente sobre a morte do atleta no site oficial da equipe. O presidente do Paraná, Leonardo de Oliveira, disse no pronunciamento que o clube vai prestar assistência para a família do jogador, que era casado e tinha três filhos, além de decretar luto por três dias. O atleta se envolveu em um acidente de carro, na Rua Wiston Churchil, próximo ao Terminal do Pinheiro, na madrugada desta segunda-feira, 12. A porta-voz dos bombeiros Tenente Bage, disse que o passageiro que sobreviveu confirmou que os dois estavam voltando de uma festa, mas que não é possível afirmar nada no momento

Jonas Pessali era formado na base do Grêmio, mas atuou principalmente em equipes de menor expressão do futebol francês, como o Angers e o Luçon. O atleta não vinha sendo aproveitado no Paraná Clube e estava afastado do time principal há cerca de uma semana.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*