Prefeitura deve levantar um muro de contenção na rua João Dembinski para evitar novos deslizamentos

Foto: BandNews Curitiba

A construção de um muro de contenção no trecho da Rua João Dembinski, na Cidade Industrial de Curitiba, onde uma cratera se formou, ainda não tem previsão de início e término. O deslizamento de terra provocado pelo excesso de chuva destruiu a ciclovia e parte do asfalto, na altura do número 2700 da via. O trânsito vai permanecer parcialmente bloqueado no trecho atingido, no cruzamento da João Dembinski com a Rua José Correia Tramujas, sentido bairro Fazendinha.

Com a interdição, os usuários do transporte coletivo perdem um ponto da linha de ônibus Interbairros IV, que será desviada pelas Ruas Clemente Ritz, José Batista dos Santos, Professora Hilda Hanke Gonçalves, Cidade de Laguna e Rio do Sul. Equipes da Defesa Civil e da Sanepar passaram a manhã no local trabalhando para estabilizar a situação. O Prefeito Rafael Greca esteve no local e garantiu que as obras iniciariam imediatamente.

A terra cedeu por volta das seis e meia da tarde de ontem (terça, 30). O muro e parte do salão de festas de um condomínio da Cohab, que fica ao lado do local, foram interditados. Fabiano Carraro, que é sócio proprietário de uma academia em frente ao local onde a cratera se abriu, estava lá no momento do incidente.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras, ainda não há como prever quanto tempo será necessário para recuperar toda região.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*