TCE libera recursos públicos para obras da Arena da Baixada

O Tribunal de Contas do Estado liberou os repasses de recursos públicos para obras da Arena da Baixada. O repasse havia sido suspenso no dia 12 de abril deste ano, pois o órgão considerou que faltavam documentos sobre a negociação. Hoje a comissão de Auditoria das Obras da Copa determinou que o Atlético Paranaense tem 30 dias para incluir na documentação a Sociedade Atlético S/A e também detalhar os gastos de 12 milhões que foram realizados entre 2010 e 2011. O presidente do TCE, Fernando Guimaraes, explica que se essas determinações não forem cumpridas o Tribunal pode suspender novamente o repasse dos recursos.

O presidente esclarece que a Urbs, o Ippuc e a Coordenação da Região metropolitana de Curitiba têm o prazo de um mês para apresentar um cronograma sobre todas as obras que são realizadas para recebimento do mundial, como modificações de trânsito e investimentos em infraestrutura.

Nos novos documentos recebidos pelo Tribunal de Contas, o Atlético Paranaense se compromete a ressarcir a prefeitura de Curitiba pelos imóveis desapropriados no entorno da Arena da Baixada até dezembro de 2014.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*