Torcida do Coritiba reclama da diretoria após derrota por 2 a 0 para o Fluminense

Foto: Divulgação

O Fluminense precisou de 3 minutos para vencer a partida diante do Coritiba, na tarde de hoje, no Couto Pereira, pela 14ª rodada do campeonato brasileiro. Aos 37 e aos 39 minutos da etapa final, o tricolor carioca confirmou a vitória por 2 a 0. O zagueiro Pereira, contra, e o atacante Fred marcaram os gols que deram o resultado positivo para o Fluminense. O Coritiba criou mais chances e dominou o jogo até aos 30 minutos do segundo tempo. A expulsão do lateral Ayrton, do Coritiba, a 15 minutos do final, mudou a postura do Fluminense. A equipe do técnico Abel Braga saiu para a partida e construiu a vitória. O aspecto negativo foram as substituições de Deco e Wellington Nem, ainda no começo do segundo tempo. Os dois sentiram lesões musculares em jogadas isoladas e devem ser desfalque na próxima rodada. O zagueiro Leandro Eusébio sentiu um trauma no joelho no começo da partida, mas não precisou ser substituído. O tricolor carioca reclamou bastante da arbitragem de Wagner Reway. No primeiro lance, o árbitro anulou um gol, pois entendeu que o atacante Wellington Nem ajeitou a bola com o braço na jogada. E em outro lance, o árbitro marcou um polêmico impedimento de Fred. Depois da partida, alguns torcedores reclamaram bastante da diretoria do Coritiba. O grupo xingou jogadores e o técnico Marcelo Oliveira. E ainda cobrou a chegada de reforços. A vitória confirma a posição do Fluminense no G-4, a 3 pontos do líder Atlético-MG, que tem uma partida a menos. O Coxa vê a zona de rebaixamento também a 3 pontos de diferença. As equipes voltam a campo nesta quinta-feira. O Coritiba vai até Belo Horizonte enfrentar o Galo e o Fluminense recebe o São Paulo em São Januário.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*