Alep vota na semana que vem obrigação de termômetros em espaços com aglomeração

Voltará à pauta da Assembleia Legislativa na semana que vem o projeto de lei que torna obrigatório o uso de termômetros em locais onde há aglomeração. O objetivo é identificar pessoas com febre, um dos sintomas da infecção pelo coronavírus.

A medida valeria não só para repartições públicas, mas também para o comércio, indústria, bancos e demais serviços onde há grande circulação. Pelo projeto, pessoas com 37,5 graus ou mais poderiam ser impedidas de permanecer em locais públicos ou compartilhados. A orientação seria encaminhá-la ao serviço de saúde, e a polícia poderia ser acionada em caso de recusa.

Consultada, a Secretaria de Estado da Saúde deu parecer favorável à proposta. O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), um dos autores da proposta, explica que o texto sofrerá algumas alterações antes de ser analisado de forma definitiva em Plenário. Por isso, a votação foi adiada para a semana que vem:

O projeto determina ainda que sejam utilizados, de preferência, termômetros de infravermelhos ou por imagem. A ideia é evitar o contato físico para medição.

Reportagem: Angelo Sfair