Aplicativo criado em Curitiba reinsere profissionais experientes no mercado de trabalho

(Foto: Reprodução/Facebook Longevou)

Uma ferramenta que ajuda a aproximar pessoas com 50 anos de idade ou mais e determinadas habilidades de quem precisa de serviços e consultoria em áreas específicas. É isso o que faz o aplicativo Longevou, lançado em meados de 2017 e que já expandiu a abrangência e chegou a São Paulo.

A plataforma foi idealizada por um casal que mora em Curitiba e vem ajudando aposentados e profissionais que perderam o emprego a se recolocarem no mercado de trabalho.

Janice Nodari é uma das idealizadoras do app e fala sobre a dificuldade que muita gente tem de conseguir uma colocação rivalizando com indivíduos mais jovens.

Um levantamento do Sebrae, realizada com 1,2 mil pessoas com mais de 50 anos, mostra que um em cada 10 brasileiros que está prestes a se aposentar diz que deseja abrir um negócio próprio nos próximos dois anos.

A pesquisa recebeu o nome de “Perfil do potencial empreendedor aposentado”.

Pelo aplicativo, aqueles que se encaixam na faixa etária contemplada, de 50 anos ou mais, pode oferecer serviços de todo tipo. Desde cuidados com idosos, pet sitters, recreação, artesanato e produtos de alimentação até aulas de crochê e artesanato e consultoria em áreas específicas como direito, engenharia e contabilidade.

Quem contrata avalia, na sequência, o profissional contratado e ajuda os outros usuários a escolher. O aplicativo é gratuito.

Comments

  1. Bem interessante os conteúdos do seu site/blog!!
    Vou seguir, tem em ajudado bastante…

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*