PolíticaGeral

Câmara Municipal retoma sessões nesta segunda-feira

A abertura oficial dos trabalhos contará com a presença do prefeito Rafael Greca

 Câmara Municipal retoma sessões nesta segunda-feira

Foto: Rodrigo Fonseca/ CMC

A Câmara Municipal de Curitiba retoma nesta segunda-feira (05) as sessões plenárias. A partir das nove horas da manhã, começa o quarto e último ano da 18º legislatura da instituição. A abertura oficial dos trabalhos contará com a presença do prefeito Rafael Greca (PSD).

Por tradição, a sessão de abertura não tem ordem do dia. São três projetos de lei em pauta e as votações, todas em primeiro turno, serão retomadas na terça-feira (06). Uma das propostas, de autoria do Poder Executivo, pede a autorização dos vereadores para a venda de um lote do Município no bairro Fazendinha.

Veja mais:

O Executivo justifica que secretarias e órgãos da administração municipal não manifestaram interesse na área. A ordem do dia também traz, na terça, dois projetos de lei para conceder a Declaração de Utilidade Pública Municipal a entidades sem fins lucrativos. Além disso, o plenário deve retomar, a partir de terça, a votação dos requerimentos e das indicações da segunda parte da ordem do dia. É o caso das sugestões à Prefeitura de Curitiba.

Reportagem: Larissa Biscaia

Avatar

Izabella Machado

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

TSE aponta para sub-representação feminina na política paranaense

Mulheres representam menos de um terço dos candidatos nos últimos vinte anos

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Projeto propõe declarar religiões de matriz africana como patrimônio cultural

Uma reunião pública na Câmara Municipal de Curitiba pretende debater o tema nesta quinta-feira (29)

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Deepfake pode ser um desafio nas eleições

Prazo para cadastro eleitoral encerra em 08 de maio

Vereadores aprovam moções contrárias às falas de Lula sobre Israel

Vereadores aprovam moções contrárias às falas de Lula sobre Israel

Votações na Câmara foram simbólicas, sem o registro nominal