Caminhada arqueológica passa por pinturas rupestres de até 10 mil anos a uma hora de Curitiba

Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr

Quem estiver à toa neste feriado pode aproveitar para conhecer um tesouro pré-histórico que fica a cerca de uma hora de Curitiba: são pinturas rupestres feitas até dez mil anos atrás, em Ponta Grossa. Nesta quinta-feira, dia 20, haverá uma Travessia Arqueológica pela região, que começa pela manhã e vai até o início da tarde. A caminhada de 10 km vai passar pelos sítios pré-históricos e por atrativos naturais, como a furna do Buraco do Padre, trilhas e cachoeiras.

O guia e geógrafo Alessandro Chagas, que coordena o passeio, diz que as pinturas rupestres foram feitas por paleoíndios que viviam no Paraná, antes dos guaranis e muito antes da chegada dos europeus ao Brasil.

Em parceria com uma operadora de turismo local, Chagas organiza os passeios há alguns anos. O objetivo, além do lazer, é também colaborar para a preservação dos sítios pré-históricos, e torná-los mais conhecidos da população.

Ainda há vagas para a Travessia Arqueológica de amanhã. O passeio, que dura seis horas, custa R$ 120. A saída acontece às 8 horas da manhã, no centro de Ponta Grossa. Quem estiver de carro pode encontrar o grupo às 8h30 direto no local do passeio. Mais informações podem ser obtidas no site da operadora Refúgio das Curucacas: www.refugiodascurucacas.com.br, no menu “Agenda”, ou pelo telefone (42) 99930-5500.

Reportagem: Estelita Carazzai