ParanáGeral

Com Indícios de irregularidades TCE suspende licitação do DER-PR

O edital trata da contratação de serviços de conservação de 11 mil quilômetros de rodovias

 Com Indícios de irregularidades TCE suspende licitação do DER-PR

Foto: Tribunal de Contas do Estado do Paraná

Por meio de uma medida cautelar, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), suspendeu um contrato que previa serviços nas rodovias do Paraná. O procedimento envolve a contratação de serviços de conservação de 11 mil quilômetros de estradas sob a responsabilidade do DER, divididos em 40 lotes, ao custo máximo de R$620 milhões.

Veja mais:

De acordo com o TCE- PR, no edital do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), existe de três supostas irregularidades, são elas: orçamentação de serviços de grande monta, como administração local, mobilização e desmobilização e canteiro de obras por meio de verba, sem o devido detalhamento em custos unitários; estipulação de preços inadequados de mão de obra em diversos serviços; e utilização de alíquotas de Imposto Sobre Serviços (ISS) relativo aos Benefícios e Despesas Indiretas (BDI) do orçamento referencial acima das alíquotas reais a serem recolhidas nos municípios.

Tanto o DER-PR quanto seu diretor-geral receberam um prazo de 15 dias para se manifestarem a respeito das possíveis irregularidades apontadas. A decisão será mantida até o julgamento do processo, a não ser que ocorra uma revogação antes disso.

Informação: Lucas Marconsoni

Avatar

Giovanna Retcheski

UFPR é eleita sexta melhor universidade do país

UFPR é eleita sexta melhor universidade do país

O Times Higher Education World University Rankings 2024 coloca a UFPR em 6º lugar no

Tempo segue abafado e instável no Paraná

Tempo segue abafado e instável no Paraná

A massa de ar aquecida e úmida segue presente sobre o Paraná neste sábado (24).

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

Estrutura de armazenamento pega fogo no Porto de Paranaguá

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Censo 2022: acesso a saneamento básico cresce no Paraná

Entretanto, mais de 3 milhões de pessoas não têm acesso à rede de esgoto