ParanáGeral

Cuidados com pets no calor devem ser redobrados

Médico-veterinário orienta que passeios devem ser feitos só em horários de temperatura mais amena

 Cuidados com pets no calor devem ser redobrados

Foto: freepik

O Paraná registrou nesta semana o dia mais quente do verão. E não só as pessoas que sofrem nestes dias de calor: os pets também são impactados diretamente pelas altas temperaturas. Por isso, segundo especialistas, alguns cuidados precisam ser tomados nesta época para proteger os animais de estimação. De acordo com o médico-veterinário e diretor da Faculdades Qualittas, professor Francis Flosi, um dos cuidados é estar atento aos horários de passeio.

Veja mais:

Em casa, também é fundamental cuidar do ambiente para que ele fique confortável para o pet. O ideal é nunca deixar o animal sozinho por um período longo, além de posicionar brinquedos, comida e água em locais de fácil acesso. Outra questão importante é identificar quando o pet está com calor, uma vez que eles suam geralmente pela língua e pelas patas, com a respiração sendo um fator fundamental.

É possível também algumas medidas preventivas, como tosar o animal e preparar picolés, como de sachês para gatos. A prevenção é fundamental, mas em caso de identificação de problemas, o caminho é buscar orientação profissional de um veterinário.

Reportagem: Bárbara Hammes

Avatar

Izabella Machado

BR-376 é liberada após acidente entre três caminhões

BR-376 é liberada após acidente entre três caminhões

Rodovia ficou cerca de uma hora e meia totalmente bloqueada, no sentido Santa Catarina