Curitiba assume compromisso de investir em acesso facilitado a serviços e informações para a população

smart cityA cidade de Curitiba assumiu nesta terça-feira (19) um compromisso de investir em ações que promovam acesso facilitado a serviços e informações para a população. O acordo foi firmado durante o Congresso Smart City, que começou terça (19) na capital e discute formas inteligentes de gestão. O prefeito Gustavo Fruet (PDT) assinou ao final do evento a 2ª carta de compromisso elaborada pela Organização das Nações Unidas (ONU). O conteúdo reforça o que previa a primeira carta, há 23 anos, pouco antes da Conferência Rio-92. O chefe de capacitação e formação da ONU, Cláudio Acioly, explica que a primeira carta era focada na questão ecológica. Já este segundo compromisso tem como objetivo principal o uso da tecnologia como ferramenta para melhorar o acesso da população aos serviços básicos.

O chefe de capacitação afirma que uma das formas de colocar isso em prática são as parcerias público-privadas. Ele cita o exemplo de um aplicativo que foi desenvolvido por uma empresa de telecomunicação que ajuda a população a ter acesso a informações sobre o município.

O prefeito Gustavo Fruet assinou a carta de compromisso logo após o encerramento do primeiro dia do congresso. Ele conta que a cidade já começou a implantar as ações e acredita que as parcerias público-privadas podem melhorar o acesso aos serviços. Outro compromisso assumido é reduzir a emissão de gás carbônico. O prefeito explica que o transporte é o principal fator de geração da poluição.

Ainda durante este evento a prefeitura apresentou o projeto Linha Verde Sustentável. Ele prevê investimentos em obras e equipamentos ao longo da via. No caso, a Linha Verde vai atuar como um teste para inovações tecnológicas com o objetivo de implantar ações urbanas sustentáveis.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*