CuritibaGeral

Denúncia de agressão em CMEI de Pinhais é investigada

Menino de um ano e meio teve o braço quebrado, suspeita é funcionária do local

 Denúncia de agressão em CMEI de Pinhais é investigada

Foto: Reprodução/ Google Maps.

A polícia investiga uma possível agressão a uma criança em uma creche de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O menino de um ano e meio teve o braço quebrado e a suspeita é que ele tenha sido agredido por uma funcionária no momento da troca de fralda.

O caso aconteceu nesta terça-feira (21) no Centro Municipal de Educação Infantil Enedina Alves Marques. A servidora foi afastada do cargo. A criança foi encaminhada para o Hospital Evangélico, em Curitiba, onde passou por uma cirurgia. A família registrou boletim de ocorrência ontem, na delegacia de Pinhais. A polícia civil informou que apura o caso.

Em nota a Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria Municipal de Educação, disse que logo que teve conhecimento da situação, adotou todas as medidas cabíveis, instaurando processo administrativo disciplinar, com o afastamento cautelar da servidora, para averiguação e elucidação dos fatos.

Ainda, de acordo com a nota, a criança foi rapidamente encaminhada ao atendimento de emergência e a Administração está dando o suporte necessário à família.

Reportagem por Vanessa Fontanella

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Ossadas são encontradas em casa de 300 cães resgatados

Ossadas são encontradas em casa de 300 cães resgatados

A Polícia Científica identificou um cemitério clandestino no local

Carrosséis e roda-gigante celebram os 330 anos de Curitiba

Carrosséis e roda-gigante celebram os 330 anos de Curitiba

As atrações serão gratuitas e a prefeitura ainda divulgará o cronograma de funcionamento

Feirão de emprego oferece mais de 700 vagas em SJP

Feirão de emprego oferece mais de 700 vagas em SJP

O multirão ocorre nesta segunda-feira (30) a partir das 9 horas

Governador autoriza progressão de 329 profissionais da PCPR

Governador autoriza progressão de 329 profissionais da PCPR

O avanço representa um incremento de R$ 174,8 mil por mês na remuneração dos policiais