Sistema para pagar ônibus com cartão de crédito, débito e pré-pago começa a ser testado na RMC

Começa a funcionar a partir de amanhã (terça), 1° de novembro, o sistema de pagamento por cartão de débito, crédito e pré-pago em linhas de ônibus da Região Metropolitana de Curitiba. No entanto, o pagamento só deverá ser feito pelo cartão Mastercard. Esta nova modalidade de pagar a tarifa do ônibus faz parte de um projeto-piloto desenvolvido pela companhia americana em parceria com empresas de bilhetagem e operadoras de transporte. A forma de pagamento vai permitir que usuários utilizem também carteiras digitais de celulares. O vice-presidente de desenvolvimento da Mastercard, Alexandre Brito, afirma que a proposta tem por objetivo contribuir para que as cidades se tornem mais eficientes e sustentáveis.

A expectativa da companhia é de que o projeto seja concluído até dezembro de 2017, para que o pagamento passe a funcionar efetivamente em ônibus, trens e metrôs das principais capitais do país. Alexandre Brito explica que para utilizar a tecnologia é necessário que o cartão tenha um sinal específico na frente do produto. O símbolo é semelhante ao do wi-fi.

O mesmo cartão da bandeira Mastercard que é utilizado em transações bancárias e que tenha essas três marcas pode ser utilizado no transporte coletivo, em princípio, em linhas da Região metropolitana de Curitiba. Caso o usuário não possua a tarjeta com o símbolo específico é só entrar em contato com o banco e solicitar um novo cartão. Além disso, é possível solicitar o documento à Metrocard, entidade que gerencia a bilhetagem do transporte na Rede Metropolitana. Neste caso, o cartão será pré-pago. Durante o mês de outubro, a primeira fase do projeto-piloto avaliou os processos de pagamento e os equipamentos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Band News Curitiba - 96,3 FM

Câmara municipal aprova projeto de combate à pobreza menstrual

Câmara municipal aprova projeto de combate à pobreza menstrual

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou um projeto de lei de combate à pobreza menstrual.

Evento de cidades inteligentes deve reunir 10 mil pessoas em Curitiba

Evento de cidades inteligentes deve reunir 10 mil pessoas em Curitiba

A terceira edição do Smart City Expo Curitiba, versão brasileira do maior evento de cidades