PolíticaGeral

Justiça Federal suspende processo que cobra restituição de Deltan Dallagnol

Após a decisão, por meio das redes sociais, Deltan comemorou a decisão.

 Justiça Federal suspende processo que cobra restituição de Deltan Dallagnol

Foto: Pedro de Oliveira / Alep – Arquivo

A Justiça Federal de Curitiba suspendeu o processo do Tribunal de Contas da União que cobra do ex-chefe da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol e outros membros a restituir os valores pagos em diárias e viagens durante a operação. A decisão é do juiz substituto na 6ª Vara Federal de Curitiba, Augusto César Pansini Gonçalves. No processo, o juiz considera a cobrança de R$ 2,8 milhões como um procedimento ilegal. O documento critica o relator do processo no TCU e alega que o ministro da corte fez “especulações” que “não são aparentemente verdadeiras” sobre a participação de Deltan na concepção do modelo de pagamentos da Lava Jato. O juiz responsável pela decisão também citou no documento que o relator “pareceu prejulgar o caso” e mostrou “suposta falta de impessoalidade”. Após a decisão, por meio das redes sociais, Deltan comemorou a decisão. “Uma vitória de todos os brasileiros que se mobilizam contra a corrupção! A reação do sistema é muito forte, mas seguiremos até o fim lutando contra a corrupção e a injustiça. Podemos até enfrentar grandes dificuldades mas, no fim, juntos, venceremos!”, escreveu.

Confira abaixo o vídeo:

Divulgação: Facebook

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Bolsonaro vence no Paraná com mais de 55% dos votos

Bolsonaro vence no Paraná com mais de 55% dos votos

Em segundo lugar, está o candidato Luiz Inácio Lula da Silva, com 35% dos votos

Ratinho Junior é reeleito governador do Paraná

Ratinho Junior é reeleito governador do Paraná

Ele permanece no cargo que comanda no Palácio Iguaçu