CuritibaGeral

Relacionamento abusivo é tema em “Açúcar, manteiga e farinha”

Adaptação do livro “Waitress”, a obra é considerada sucesso nos Estados Unidos

 Relacionamento abusivo é tema em “Açúcar, manteiga e farinha”

Foto: Maria Pohler

Propositalmente intimista, “Açúcar, manteiga e farinha” estreou no Festival de Curitiba na quinta-feira (07), no Teatro Projeto Broadway, para um público de 40 pessoas. O espetáculo abordou temas como sonhos e amizade, mas também trouxe assuntos pesados, como relacionamentos abusivos e machismo. Em uma sequência de acontecimentos, a plateia observava a mudança de cenário e o desenrolar da história de Dina e suas amigas garçonetes.

O musical é uma adaptação do livro e do filme “Waitress”, considerado um sucesso nos Estados Unidos. Aqui não foi diferente, o projeto já conseguiu esgotar os ingressos de todas as seções do texto adaptado e dirigido por Ricardo Bührer. Três mulheres e diversos dilemas: Dina faz deliciosas tortas, mas vive um relacionamento que, diferentemente dos quitutes, não tem nada de bom. Beth é uma mulher mais velha com um marido enfermo, e Leia é uma jovem adulta que nunca teve namorado e lida com problemas de autoestima. Com piadas, efeitos sonoros e trilhas que enfatizavam as mudanças, o público se divertiu e refletiu.

A história começa com Dina descobrindo uma gravidez, ficando triste e aflita com a novidade. Suas amigas tentam consolá-la. Quando o futuro pai chega é possível perceber o motivo do descontentamento. Com comentários machistas e arrogantes, ela pega o dinheiro do trabalho de Dina e demonstra ciúmes de um bebê que ainda nem nasceu. Ainda faz ameaças de agressão física e menospreza a aparência dela.

“A vida já não é amarga o suficiente”, diz Dina ao seu médico. Reflexivo, ele deixou de lado a questão de não comer doce, se rendeu e provou a torta. O envolvimento dos dois, que pareciam ser apenas de paciente e médico, cresce ao longo da peça chegando ao seu clímax quando ambos se beijam em uma cena que fez a plateia vibrar, encerrando assim o primeiro ato.

Se por um lado os relacionamentos são complicados, a amizade das três garçonetes é algo que traz leveza para a história e mostra a força do companheirismo em momentos difíceis. O apoio na gravidez, a ajuda ao encontro que Leia arranja em um aplicativo e a quebra de um cofrinho para ajudar a amiga a se inscrever em um concurso são alguns exemplos do companheirismo vivido entre elas.

O nascimento do bebê é a peça-chave na vida da protagonista, que liberta-se de seu relacionamento abusivo e ganha o restaurante de herança. Com mais uma canção cantada por todo o elenco, a peça parece se encerrar. Entretanto, no final às três mulheres pediram a voz para passar uma importante mensagem final: A cada 2 minutos uma mulher é agredida. Caso saiba de algo, denuncie, ligue 180.

A reportagem faz parte do projeto especial para o site bandnewsfm feita em parceria com estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Positivo. O texto é de Maria Pohler.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Oito pessoas são presas suspeitas de roubos de cargas

Oito pessoas são presas suspeitas de roubos de cargas

O grupo tinha como foco o roubo de cargas de cigarros e mercadorias de e-commerces

Leilão com 26 veículos acontece nesta sexta-feira

Leilão com 26 veículos acontece nesta sexta-feira

Serão leiloados automóveis e motocicletas apreendidos ou removidos em fiscalizações

Prefeitura incentiva adoção de animais através de programa test drive

Prefeitura incentiva adoção de animais através de programa test drive

Os animais vão com kits com coberta, vasilhas de água e comida e ração

Seis bairros de Curitiba ficam sem água nesta quarta-feira

Seis bairros de Curitiba ficam sem água nesta quarta-feira

Desabastecimento acontece por causa de problema em reservatório