CuritibaServiços

Mutirão jurídico oferece soluções amigáveis em Curitiba

O evento acontece das 9h às 17h, no prédio da Câmara Municipal

 Mutirão jurídico oferece soluções amigáveis em Curitiba

Foto: divulgação/Câmara Municipal de Curitiba

Um mutirão de atendimento jurídico promove amanhã (quinta-feira, 15) e sexta (16) soluções de forma amigável para problemas na área de família. Divórcio, guarda, pensão alimentícia e dissolução de união estável serão apenas alguns dos atendimentos gratuitos. A ação, que será promovida pela Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPE-PR) em parceria com a Câmara Municipal de Curitiba, das 9h às 17h, no prédio da Câmara Municipal.

Segundo o defensor público Matheus Munhoz, pessoas que moram em outros municípios também podem participar.

Para agilizar o atendimento, a orientação é que as pessoas interessadas no atendimento realizem um pré-cadastro e preencham as informações do formulário disponível no site da Defensoria.

Esta é já é a 3.ª edição do Concilia Paraná – a primeira ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado, em abril e a segunda ocorreu em Paranaguá, em julho. Desta vez, o mutirão acontece no prédio Câmara Municipal de Curitiba, no Centro.

Serviço


Mutirão de atendimento “Concilia Paraná” na Câmara Municipal de Curitiba
Data: 15 e 16 de setembro
Horário: 9h às 17h
Local: Câmara Municipal de Curitiba – Rua Barão do Rio Branco, 720 – Centro – em frente ao Shopping Estação.
Faça seu cadastro prévio aqui.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Nota Curitibana sorteia R$ 20 mil e R$ 50 mil

Nota Curitibana sorteia R$ 20 mil e R$ 50 mil

Além disso, foram sorteados 15 mil bilhetes que vão receber R$ 10 cada um

Curitiba bate recorde com 9 dias sem mortes por covid-19

Curitiba bate recorde com 9 dias sem mortes por covid-19

Os dados são do Painel Covid, da Secretaria Municipal da Saúde

Casinha de cachorro é devolvida em São José dos Pinhais

Casinha de cachorro é devolvida em São José dos Pinhais

A casinha serve de abrigo para dois cachorros que foram adotados por moradores do bairro