ParanáGeral

Operação Motos combate tráfico e contrabando na Fronteira

Objetivo é reduzir a circulação de armas de fogo, drogas e contrabando

 Operação Motos combate tráfico e contrabando na Fronteira

Foto: divulgação RFB

Uma operação coordenada pela Receita Federal nesta sexta-feira (24) pretende aumentar a fiscalização na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. O foco está na revista de motos e motociclistas. Diariamente, cerca de 20 mil motocicletas passam pela Aduana da Ponte Internacional da Amizade.

Câmeras de alta precisão instaladas em vários pontos da fronteira também são utilizadas para identificar possíveis suspeitos. O objetivo é coibir o tráfico de armas de fogo. Além disso, as autoridades pretendem frear o tráfico de drogas e a entrada de mercadorias contrabandeadas.

Foto: divulgação RFB

Apesar do foco em moto, a Ponte Internacional da Amizade também recebe diariamente a travessia de mais de 40 mil carros e mais de 80 mil pessoas. No entanto, são por meio de motocicletas que vários crimes fronteiriços são cometidos.

A Operação Motos é coordenada pela Receita Federal com o apoio de oito instituições públicas federais, estaduais e municipais. As ações contam com 122 servidores e três cães de faro. Além disso, um helicóptero e vários drones são utilizados para ampliar o poder de fiscalização.

Reprodução: divulgação RFB

A ação integra a Operação Trigger, da Interpol. O principal objetivo é o desenvolvimento de ações integradas entre países para reprimir crimes. Os trabalhos são desenvolvidos desde 13 de março e seguem até 2 de abril.

Informações: Angelo Sfair

Avatar

Fabrizio Reusing

Temporal causa destruição em Santo Antônio da Platina

Temporal causa destruição em Santo Antônio da Platina

Foram registrados destelhamentos, quedas de árvores e corte de energia elétrica

Universidade Estadual de Ponta Grossa oferta 372 vagas remanescentes

Universidade Estadual de Ponta Grossa oferta 372 vagas remanescentes

As oportunidades são para 20 cursos diferentes, na modalidade presencial