Política

Oposição questiona contratação de empresas para vistoriar rodovias

 Oposição questiona contratação de empresas para vistoriar rodovias

A oposição na Assembleia Legislativa do Paraná questiona a contratação de empresas privadas para vistoriar as rodovias pedagiadas do estado. O governo contratou 11 empresas que a partir do mês que vem vão fiscalizar a qualidade das estradas, a sinalização, o andamento das obras e o atendimento aos usuários. A oposição na Assembleia protocolou hoje um pedido de informações para saber detalhes dos contratos. Para o líder da bancada, deputado Elton Welter, do PT, a fiscalização deveria ser feita pelo próprio estado. O gasto total com o serviço, que vai durar um ano e meio, será de 17 milhões de reais. A verba vem das próprias concessionárias que repassam um milhão e 600 mil reais por mês ao Departamento de Estradas e Rodagem do Paraná. O líder do governo na Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB), afirma que o DER não tem estrutura para fazer a fiscalização das rodovias pedagiadas e por isso vai terceirizar o serviço. O pedido de informações da oposição só deve ser votado amanhã. A orientação da bancada que apóia o governador Beto Richa será de derrubar a solicitação.

Avatar

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

CMC aprova divulgação obrigatória de lista de espera do SUS

CMC aprova divulgação obrigatória de lista de espera do SUS

As listas deverão especificar cada modalidade de consulta, exame e intervenção cirúrgica oferecidos

Maria Letícia desabafa em vídeo: “resumida a uma velha bêbada”

Maria Letícia desabafa em vídeo: “resumida a uma velha bêbada”

Vereadora responde a processos na Justiça e Câmara suspeita de desacato e embriaguez ao volante

Conselho de Ética decide punir Renato Freitas com advertência escrita

Conselho de Ética decide punir Renato Freitas com advertência escrita

O conselho de Ética também definiu o relator do pedido de cassação contra Ademar Traiano

Conselho de Ética da ALEP vota cassação de Renato Freitas (PT)

Conselho de Ética da ALEP vota cassação de Renato Freitas (PT)

O parlamentar responde um processo por quebra de decoro parlamentar