CuritibaPolícia

Pai é suspeito de sequestrar filho; polícia procura por pistas

Segundo a Polícia Civil, homem teria sumido com a criança após visitá-la antes do Natal

 Pai é suspeito de sequestrar filho; polícia procura por pistas

Foto: divulgação/PCPR

A polícia tenta localizar pai e filho desaparecidos há quase um mês em Curitiba. O sumiço teria relação com uma disputa pela guarda da criança. Segundo a Polícia Civil, Franklin Luiz Rocha de Azevedo, de 63 anos, é suspeito de sequestrar Luig Artur Oliveira de Azevedo, de 7 anos. Tudo teria acontecido depois do dia 15 de dezembro, quando os dois foram vistos pela última vez no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Segundo as investigações, Franklin e a mãe de Luig são divorciados há 2 anos e o homem não tinha a guarda definida do menino. Com isso, os dois combinavam os dias para que ele visse o filho. Em uma dessas visitas a mulher teria perdido o contato com os dois. Conforme a polícia, testemunhas relataram que o homem vendeu os próprios pertences e disse a vizinhos que iria levar o filho para o litoral.

Veja mais:

A polícia tenta encontrar pistas do paradeiro dos dois e pede a colaboração da população com informações que auxiliem na investigação. As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 197 da PCPR, 181 do Disque-Denúncia ou (41) 3270-3350, telefone direto do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride).

Reportagem: Leonardo Gomes

Avatar

Izabella Machado

Homem é preso acusado de produzir e compartilhar pornografia infantil

Homem é preso acusado de produzir e compartilhar pornografia infantil

A polícia foi acionada pelo WhatsApp, que percebeu a atitude suspeita do usuário

Delegada é investigada por trabalhar de forma remota no exterior

Delegada é investigada por trabalhar de forma remota no exterior

A servidora assinava documentos e exercia demais atribuições morando fora do país

Catedral de Paranaguá faz campanha para pedir fotos antigas

Catedral de Paranaguá faz campanha para pedir fotos antigas

Campanha faz parte do Projeto Marco Zero que é um plano arquitetônico de restauro