ParanáGeral

Procon-PR investiga distribuidoras de gás por causa de preços abusivos

Empresas não repassaram aos consumidores o desconto anunciado na semana passada

 Procon-PR investiga distribuidoras de gás por causa de preços abusivos

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Algumas distribuidoras de gás do Paraná vão ser notificadas pelo Procon após identificação de um possível abuso de preço. As investigações começaram a ser emitidas nesta terça-feira (12), porque parte das empresas não repassaram aos consumidores o desconto anunciado pela Petrobras na última sexta-feira (08). Nas refinarias, houve uma redução de 5,6% nos preços médios de venda para as distribuidoras de GLP, que passou de R$ 4,48 por quilo para R$ 4,23.

Entre as hipóteses levantadas pelo órgão para o problema, é que as distribuidoras tenham estoque com o valor de compra mais alto que o atual. Mesmo assim, a diretora do Procon, Cláudia Silvano, destaca que os motivos devem ser investigados.

Em um primeiro momento, as distribuidoras de gás são contatadas pelo Procon para explicar a composição do preço. Ainda não há estimativa de quantas empresas estão envolvidas. Se for constatada irregularidade, as distribuidoras notificadas estão sujeitas a multas que podem chegar a R$ 11 milhões.

Caso o consumidor note um valor abusivo ou acima do normal, ele deve entrar no site www.procon.pr.gov.br e realizar uma denúncia

Reportagem Fernanda Scholze

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Em 2022, produtos paranaenses foram exportados para 212 países

Em 2022, produtos paranaenses foram exportados para 212 países

O ano passado atingiu a marca de 22 bilhões de dólares comercializados

BR-476: Motoristas morrem em batida de carretas. Rodovia é fechada

BR-476: Motoristas morrem em batida de carretas. Rodovia é fechada

Acidente foi registrado entre Araucária e Contenda, depois do posto da PRF

BR-277: 10 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

BR-277: 10 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

Permanece o desvio operacional no quilômetro 42, na Serra do Mar