PolíticaGeral

Sessões plenárias são retomadas na Câmara de Curitiba

A sessão marca o início do quarto e último ano da 18ª legislatura da instituição

 Sessões plenárias são retomadas na Câmara de Curitiba

Foto: Rodrigo Fonseca/ CMC

A Câmara Municipal de Curitiba retoma nesta segunda-feira (5) as sessões plenárias, a partir das 9 horas. A abertura oficial dos trabalhos contará com a presença do prefeito Rafael Greca (PSD).

A sessão marca o início do quarto e último ano da 18ª legislatura da instituição.

Por tradição, a sessão de abertura do período legislativo não terá a ordem do dia. Com três projetos de lei em pauta, as votações, todas em primeiro turno, serão retomadas na terça-feira (6).

Uma das propostas, de autoria do Poder Executivo, pede a autorização dos vereadores para a venda de um lote do Município no bairro Fazendinha. O Executivo justifica que secretarias e órgãos da administração municipal não manifestaram interesse na área.

A ordem do dia também traz, na terça, dois projetos de lei para conceder a Declaração de Utilidade Pública Municipal a entidades sem fins lucrativos. Além disso, o plenário deve retomar, a partir de terça, a votação dos requerimentos e das indicações da segunda parte da ordem do dia. É o caso das sugestões à Prefeitura de Curitiba.

Informações: Leonardo Gomes.

Avatar

leonardo.gomes

Ato pró-Bolsonaro reúne milhares de pessoas, diz Segurança

Ato pró-Bolsonaro reúne milhares de pessoas, diz Segurança

Não houve incidentes, segundo o Governo de São Paulo

Curitiba não deve receber ato em apoio a Jair Bolsonaro

Curitiba não deve receber ato em apoio a Jair Bolsonaro

Ex-presidente pediu que a manifestação seja concentrada apenas na Avenida Paulista, em São Paulo

Alegações contra presidente da Invest Paraná estão esclarecidas, diz Governo

Alegações contra presidente da Invest Paraná estão esclarecidas, diz Governo

Oposição aponta que José Eduardo Bekin foi condenado por crimes como falsidade ideológica e sonegação

Moro deve ser julgado em abril, define TRE-PR

Moro deve ser julgado em abril, define TRE-PR

Senador é acusado de abuso de poder econômico e pode ter mandato cassado