NacionalGeral

Violência atinge cada vez mais cedo as mulheres, aponta ONU

Advogada alerta população a denunciar casos de violência

 Violência atinge cada vez mais cedo as mulheres, aponta ONU

Foto: ilustrativa/Pixabay

Ao longo da vida, uma em cada três mulheres é e será vítima de violência física ou sexual, segundo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU).

Veja mais:

A violência praticada pelo parceiro é de longe a forma mais prevalente contra as mulheres em todo o mundo, afetando cerca de 641 milhões de pessoas no mundo. No entanto, 6% das mulheres em todo o mundo relataram abuso sexual por alguém que não seja seu marido ou parceiro.

Os números reforçam a necessidade de discutir o tema às vésperas do Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, celebrado na sexta (25). A advogada e pesquisadora Daiana Allessi explica que a data tem o objetivo de alertar a sociedade sobre os casos de violência e maus tratos contra as mulheres.

A violência física, psicológica e o assédio sexual são alguns exemplos desses maus tratos.

A violência contra a mulher é tratada como uma questão social e de saúde pública. Conforme a ONU, a violência afeta desproporcionalmente as mulheres que vivem em países de baixa e média-baixa renda.

Estima-se que, ao longo da vida, 37% das mulheres que vivem nos países mais pobres sofreram violência física e/ou sexual por parte do parceiro, com alguns desses países tendo uma prevalência de até uma em cada duas mulheres.

Além dos contatos de emergência da Polícia (190) e Denúncia (181), vítimas e a população que presenciar um episódio de violência pode denunciar o caso à Central de Atendimento à Mulher, no número 180, que deve prestar acolher às mulheres em situação de vulnerabilidade.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Governo Federal garante liberação de R$ 460 milhões para Educação

Governo Federal garante liberação de R$ 460 milhões para Educação

A ação permite o pagamento de 100% da bolsa assistência estudantil, bolsas PET, entre outros

Veja as principais infrações de motoristas de app e taxistas

Veja as principais infrações de motoristas de app e taxistas

Estacionar em fila dupla e parar no meio da via lideram ranking

Crédito extraordinário e PEC da Transição podem salvar universidades

Crédito extraordinário e PEC da Transição podem salvar universidades

Representantes das Instituições Federais se reuniram com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira