Ligeirão Norte-Sul deve começar a operar em março

Foto: Luiz Costa / SMCS – arquivo

A primeira parte do projeto do Ligeirão Norte-Sul deve começar a funcionar até o fim de março de 2018. Uma linha semi-direta entre o terminal do Santa Cândida e a Praça do Japão deve começar a rodar até o dia do aniversário de Curitiba, 29 de março. O projeto começou a ser estudado em 2011, na gestão do então prefeito Luciano Ducci. As estações-tubo que fazem a ligação entre os dois pontos passaram por obras nas Avenidas Sete de Setembro, João Gualberto e Paraná, para que as canaletas pudessem atender também a operação do ligeirão, sem comprometer o funcionamento dos biarticulados. Segundo o Secretário de Governo Municipal e presidente em exercício do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Luiz Fernando Jamur, a segunda parte do projeto prevê a ampliação da rota do ligeirão até o Terminal Capão Raso.

A previsão é que até 2019 o ligeirão passe a fazer a ligação entre o terminal Santa Cândida, na região norte, até o Capão Raso, na área Sul. Quando as obras começaram, houve muitas especulações e reclamações sobre uma possível alteração na Praça do Japão. Jamur garante que não haverá mudanças no local.

Ao todo, segundo o secretário 10 milhões de reais vão ser usados na parte estrutural da obra. A operação dos biarticulados que já circulam pela região também não sofrerá alterações.

Os coletivos que vão atender o trecho são aqueles acordados com as empresas do transporte para renovação da frota.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*