Número de passageiros do transporte coletivo em Curitiba fica estável

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Depois de seis anos, o número de passageiros pagantes do transporte coletivo se manteve estável em Curitiba. Pela primeira vez, o número de passageiros que pagou para se locomover de ônibus na capital corresponde ao que foi projetado pela Urbs.

De março, quando começa o período tarifário, a julho deste ano, foram pouco mais de 76 milhões e 600 mil passageiros pagantes, quase o mesmo que o projetado pela Urbs, de 76 milhões e 800 mil. O número poderia ter sido maior se não fosse a greve dos caminhoneiros, entre maio e junho, que paralisou alguns serviços, diminuindo os deslocamentos por ônibus.

De acordo com o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, o número maior de passageiros reflete diretamente no valor da tarifa.

O presidente afirma que algumas medidas contribuíram para o resultado.

Entre março e junho do ano passado, a queda de passageiros em relação à 2016 foi de 12%.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*