Política

Ex-prefeitos de Curitiba são investigados pelo MP por irregularidades

 Ex-prefeitos de Curitiba são investigados pelo MP por irregularidades

(Foto: Arquivo Pessoal / BandNews)

(Foto: Arquivo Pessoal / BandNews)

Os ex-prefeitos de Curitiba, Luciano Ducci (PSB) e Gustavo Fruet (PDT) são investigados pelo Ministério Público do Paraná, por suspeita de improbidade administrativa. Os parlamentares respondem a uma denúncia que afirma que, no fim da gestão, os parlamentares não deixaram dinheiro para pagar dívidas contraídas no mandato.

O MP e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) analisam os números das contas públicas das gestões de Ducci e Fruet. De acordo com o Ministério Público, cada órgão tem uma função nos inquéritos. O MP é responsável por investigar a lesão ao Patrimônio Público. Já o Tribunal de Contas, tem o controle das contas municipais.

A investigação do ex-prefeito Gustavo Fruet foi aberta após o atual prefeito, Rafael Greca, apresentar ao órgão uma dívida de quase seiscentos milhões da gestão passada. De acordo com o TCE, Luciano Ducci, que foi Administrador Municipal até o final de 2012, deixou uma dívida de mais de trezentos milhões de reais.

O crime de improbidade administrativa prescreve em cinco anos. O processo também corre na auditoria do Ministério Público do Paraná.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Renato Freitas tinha sido cassado por quebra do decoro parlamentar

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

Os eleitores são italianos natos e descendentes com cidadania residentes no Brasil

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Com suspensão da cassação, vereador poderá participar das eleições deste ano

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Foram ouvidas 2 mil pessoas por telefone, entre os dias 18 e 20 de setembro