PolíticaEleições

Município exonera funcionário que participou de atos em Brasília

Cleverson Rodrigo Ribeiro dos Santos registrou a ação nas redes sociais. A decisão foi publicada no Diário Oficial

 Município exonera funcionário que participou de atos em Brasília

Foto: Reprodução Prefeitura de Ponta Grossa

Um funcionário público de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, foi exonerado após participar dos atos contra a democracia em Brasília. Cleverson Rodrigo Ribeiro dos Santos era comissionado da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento desde junho de 2021. A exoneração foi publicada no Diário Oficial do município. Cleverson registrou a participação por meio de vídeos, fotos e transmissões ao vivo nas redes sociais, nos quais ele se intitula de “mané”.

A reportagem tenta contato com Cleverson Santos. No entanto, este não é o primeiro caso do estado.

Em Maringá, na região norte, o Ministério Público investiga o conselheiro tutelar Jesiel Carrara, que também participou da depredação dos prédios do Palácio do Planalto, do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional. Ele, que também divulgou as participações nas redes sociais, é alvo de um inquérito civil que pede afastamento temporário das funções. Carrara deletou os vídeos horas depois da manifestação.

Veja mais:

O advogado e doutor em Direito do Estado, Rodrigo Kanayama, esclarece que a situação é diferente para profissionais comissionados e concursados. No primeiro caso, a perda da confiança do sistema público no funcionário é considerada motivo o suficiente para a exoneração.

Já para os concursados que foram identificados nas manifestações, o processo passa pelo afastamento das funções e por uma apuração disciplinar.

Ao ser questionado pela reportagem, o Conselho Tutelar Zona Norte de Maringá afirma que o conselheiro não representava a entidade e que a situação causou espanto e desaprovação.

Reportagem: Larissa Biscaia

Fabrizio Reusing

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Foram entregues, ao governo federal, quatro ofícios com demandas nas áreas de infraestrutura e economia

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

O economista que assume a hidrelétrica acumula uma bagagem de duas décadas de vida pública

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

A nomeação consolida um movimento importante de nomeações femininas para o primeiro escalão

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

A investigação aponta improbidade administrativa para enriquecimento ilícito e danos ao erário