Política

Prefeitura recua e retira dois projetos do pacote de ajuste fiscal

 Prefeitura recua e retira dois projetos do pacote de ajuste fiscal

Foto: Divulgação/CMC

(Foto: divulgação/CMC)

Dois projetos do pacote de ajuste fiscal – proposto pela prefeitura de Curitiba, foram retirados de trâmite nesta terça-feira (01). As propostas estabeleciam reajuste em dois impostos municipais: o ISS e o ITBI.

A proposta do ITBI elevava a alíquota de 2,4% para 2,7% nos imóveis que custam entre R$ 140 mil e R$ 300 mil. Além disso, tramitavam intenções de alteração na legislação tributária municipal a respeito do ISS – o Imposto Sobre Serviços.

O anúncio de retirada foi dado pelo líder do prefeito na Câmara Municipal, Pier Petruzziello (PTB).

Com a retirada das duas propostas, ainda restam cinco itens do ajuste fiscal para serem votados. Entre eles a criação de um plano de previdência complementar para os servidores municipais e a desvinculação do pagamento da taxa de lixo do IPTU. Estes projetos devem ser votados nas próximas semanas.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Foram entregues, ao governo federal, quatro ofícios com demandas nas áreas de infraestrutura e economia

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

O economista que assume a hidrelétrica acumula uma bagagem de duas décadas de vida pública

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

A nomeação consolida um movimento importante de nomeações femininas para o primeiro escalão

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

A investigação aponta improbidade administrativa para enriquecimento ilícito e danos ao erário