Convenção do PMDB é questionada na justiça

O PMDB de Curitiba continua dividido e a briga vai parar na justiça. O secretário-geral do partido na capital, Doático Santos, entrou ontem com um pedido na Justiça Eleitoral para pedir a suspensão da convenção marcada o sábado. Doático Santos é contra a candidatura do ex-prefeito Rafael Greca e defende que a forma como o edital da convenção foi elaborado, vai beneficiar o pré-candidato. O secretário-geral diz que o documento tem muitos erros.

Para o secretário-geral, a decisão sobre como o PMDB vai se posicionar nas eleições deste ano deve ser feita no voto, assim como ocorreu em outros partidos.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do pré-candidato Rafael Greca que afirmou que os detalhes sobre a convenção do PMDB de sábado serão definidos em uma reunião na quina-feira. A assessoria garante que todo o processo é legal e transparente. Ontem a Comissão Executiva do partido aprovou as três propostas para votação na convenção: a candidatura de Rafael Greca, a candidatura do deputado estadual Stephanes Júnior e também a possibilidade de coligação com o PSB do prefeito Luciano Ducci.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*