Governo determina mudanças imediatas na Polícia Civil

Um delegado foi designado para cuidar especificamente do caso das viaturas da Polícia Civil, é o delegado Walter Baruffi Filho. Um inquérito será aberto e tem 30 dias para ser entregue. Todas as placas reservadas estão canceladas. São 3.177 placas especiais. Novas licenças serão liberadas mediante avaliação do secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César que defende o uso diferenciado de viaturas pelos agentes.

Os carros da Polícia Civil que estavam cedidos para outros órgãos voltam a origem, com excessão dos utilizados pelo Gaeco. A resolução que determina as regras para uso da frota será editada. Estão afastados das funções o chefe do Grupo Auxiliar de Planejamento (GAP), Luciano Pinho Tavares, e o chefe do Grupo Auxiliar Financeiro (GAF), Pedro Reichembak Brito. Além de fazer parte do grupo flagrado fazendo uso irregular das viaturas, os dois participavam da equipe de controle da verba do fundo rotativo da corporação, também investigada. Uma denuncia do jornal Gazeta do Povo mostra verbas sendo destinadas a delegacias que não existem, além de agentes usando carros oficiais para tarefas pessoais, como ir às compras e a bordéis. O governador em exercício, Flávio Arns, afirmou ontem que tomas as medidas para qeu haja transparência na investigação estão sendo tomadas.

Como já havia sido anunciado, uma instituição pública vai elaborar projeto de reestruturação da segurança pública. Aproveitando já foi anunciado a abertura de um concurso para a contratação de novos delegados e que o processo de transferência de presos de delegacias para o sistema penitenciário deve ser acelerado. Além disso,  repasses referentes a abril serão liberados para as divisões policiais e não para delegacias como acontecia antes.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*