Policiais envolvidos em confronto com morte no Prado Velho são afastados; caso é investigado pela corporação

 Policiais envolvidos em confronto com morte no Prado Velho são afastados; caso é investigado pela corporação

Os policiais envolvidos na abordagem que terminou com uma pessoa morta no Prado Velho, em Curitiba, foram afastados e terão acompanhamento psicológico. Além disso, o caso, que aconteceu na última segunda-feira, 7), passou a ser investigado pela corporação, em um processo interno. Conforme a Polícia Militar (PM), os procedimentos são padrões e obrigatórios em casos de confronto.

A manifestação que ocorreu horas após a morte, seguida de depredação e incêndio em um ônibus do transporte coletivo, também será apurada, mas dessa vez pela Polícia Civil. O protesto foi organizado por moradores da região contra a morte do homem. Conforme relato dos policiais envolvidos na ocorrência, uma equipe fazia o patrulhamento da região, na Vila Torres, quando viu um grupo fugir logo que viu a presença dos oficiais. Os PMs afirmam que um dos homens teria invadido uma casa e, quando ele pulou uma janela, a polícia teria visto que ele estava armado. O homem, de 25 anos, teria atirado contra os policiais, que revidaram. O suspeito foi baleado e morreu no local.

Ainda segundo a PM, na casa onde o rapaz teria entrado foi encontrada “certa quantia de maconha e cocaína embaladas para a venda, faca para fracionamento da droga, balança de precisão e um revólver”.

Os resultados da investigação interna da PM devem ser encaminhados ao Ministério Público do Paraná.

Reportagem: Leonardo Gomes

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem