Homem fingia ser prefeito para aplicar golpes no PR

Um homem que estava em regime semi-aberto foi denunciado pelo Ministério Público por continuar aplicando golpes. Ele se passava por prefeito de cidades do Paraná, São Paulo e Minas Gerais para tirar dinheiro das vítimas. O estelionatário prometia “recompensar” depois os empresários, e pedia ajuda para supostos projetos, que, claro, não existiam. Conhecido como Zezo, a denuncia relata que ele levou mais de R$ 255 mil. Ele havia sido preso e condenado em 2006. Escutas telefônicas auxiliaram a polícia nas investigações, “Zezo” está preso em um centro de detenção em Bauru (SP).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*