Michelotto repudia decisão de MP-RS sobre policiais do Tigre

O delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Marcus Vinícius Michelotto, enviou uma nota repudiando a denúncia feita pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul contra três policiais do grupo paranaense Tigre acusados de matar um sargento da Brigada Militar. O fato aconteceu em dezembro de 2011.  Eles foram denunciado por homicídio qualificado. Michelotto afirma que os policiais agiram em legítima defesa, ao contrário da análise do MP gaúcho. Um laudo comprovou que o sargento estava embriagado. Os policiais relatam que o brigadiano não se identificou como sendo policial.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*