Observatório Social coleta assinaturas para tentar impedir aumento de salários políticos em Apucarana

O Observatório Social de Apucarana, no Norte do Paraná, inicia amanhã (sábado) a coleta de assinaturas da população com o objetivo de pressionar os 11 vereadores da cidade a revogarem as leis municipais que concederam aumento de até 61,82% nos salários pagos no Executivo e Legislativo. Os subsídios, a partir do próximo ano, serão de R$ 25 mil para o prefeito, R$ 15 mil para o vice, R$ 9,2 mil para secretários, R$ 15 mil para presidente da Câmara e R$ 10 mil para vereadores. Os reajustes teriam sido aprovados em dezembro do ano passado, durante sessões extraordinárias.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*