Polícia prende suspeitos de envolvimento em arrastões

A polícia prendeu hoje em Fazenda Rio Grande, duas pessoas acusadas de fazer parte da quadrilha que promove arrastões na Grande Curitiba. Um deles foi preso por porte de arma e outro pelo crime de receptação. A polícia entende que eles fazem parte do mesmo grupo, mas há pistas de que mais de uma quadrilha invada residências na grande Curitiba. O delegado Guilherme Rangel, que comanda as investigações na Delegacia de Furtos e Roubos, não descarta a possibilidade dos presos terem ligação com os arrastões que aconteceram nesta semana na Capital.

Os arrastões já são bastante conhecidos da polícia nas grandes metrópoles, como São Paulo e Rio de Janeiro. Mas quadrilhas que trocam de cidade e informações privilegiadas favorecem a atuação dos criminosos em cidades como Curitiba.

Apenas neste mês, um grupo já invadiu dois condomínios fechados da grande Curitiba, fez um arrastão em uma pizzaria no Batel e em um ônibus do transporte coletivo na zona sul da capital. Em abril, um ônibus biarticulado também foi alvo dos bandidos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*