Posto de combustível é alvo de atentando em Londrina

Mais um posto de combustíveis sofre um atentado em Londrina, no norte do Paraná. O curioso é que este é o terceiro ataque aos postos de um mesmo dono. Segundo o empresário, dono da rede, a suspeita é de que os baixos preços praticados por eles estão causando a fúria dos que participam de uma espécie de “cartel” de preços, ou seja um acordo entre concorrentes para fixação de valores. A hipótese é descartada pelo presidente do Sindicombustíveis do Paraná, Roberto Fregonese, ele pede que o Ministério Público, Polícia Civil e Gaeco tenham uma atenção especial para descobrir a verdadeira motivação dos atentados.

Cerca de dez tiros foram disparados contra as bombas de combustível na madrugada desta segunda-feira. Um vigia que trabalhava no local não ficou ferido. O posto fica na BR-369, na entrada da cidade. Até agora ninguém foi preso.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*