Projeto que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em postos é retirado da pauta de votações da ALEP

O projeto de lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis do Paraná foi retirado da pauta de votações da Assembleia Legislativa do Estado hoje (quarta). O texto recebeu cinco emendas e com isso ele volta para a Comissão de Constituição e Justiça. Ontem (terça) ele foi aprovado em primeira discussão depois de muito debate e polêmica entre os deputados. O placar foi de 19 a favor e 16 contra. As emendas apresentadas são para restringir o horário de venda de bebidas em postos, das duas às seis da manhã ou da meia noite às cinco da manhã. Há deputados que defendem apenas a proibição da venda de bebidas geladas e outros que querem que apenas postos que ficam perto de escolas sejam impedidos de comercializar os produtos. Os demais ficariam liberados. O autor da proposta, deputado Edson Praczyk (PRB), diz que é contra a modificação do projeto e afirma que isso não passa de uma manobra para atrasar a tramitação.

O deputado Stephanes Júnior (PMDB) assinou duas emendas e afirma que o projeto é inconstitucional.

Como a proposta que proíbe a venda de bebidas em postos de gasolina voltou para a Comissão de Constituição e Justiça, não há previsão de quando será votada.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*