Quase um mês depois, jovem quer teria sido agredido no James presta depoimento

O estudante que teve a perna amputada depois de supostamente ter sido agredido por um segurança de um bar em Curitiba, deve prestar depoimento à polícia na segunda-feira, pela primeira vez. Guilherme Carvalho Koerich, de 18 anos, esteve no James Bar no último dia seis de maio e não tinha dinheiro suficiente para pagar a conta. Ele consumiu 60 reais, mas só tinha 40. O estudante teria tentado fugir e diz que foi perseguido e agredido por um segurança do local. Diversas testemunhas já prestaram depoimento à polícia. Algumas pessoas confirmaram a versão do rapaz, de que ele teria sido agredido, e outras deram a mesma versão do bar. Segundo a administração do James, o segurança foi tentar alcançar o garoto e acabou acidentalmente caindo em cima da perna dele. O depoimento de Guilherme Koerich está marcado para a segunda, às cinco da tarde, no Terceiro Distrito Policial de Curitiba.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*