Votação do reajuste de servidores estaduais é adiada mais uma vez

Foto: Pedro de Oliveira/Alep

Mais uma vez a votação do projeto de lei que prevê o reajuste dos salários dos servidores estaduais foi adiada na Assembleia Legislativa do Paraná. A proposta do governo prevê um reajuste de 1% nas tabelas de vencimento básico dos servidores do Estado. Mas a oposição já protocolou uma emenda que pede a reposição da inflação dos últimos 12 meses, de 2,76%. A votação seria feita nesta quarta-feira, mas por falta de quórum mínimo, a sessão foi encerrada. Os parlamentares da bancada governista não estavam presentes.

Dos 54, apenas 19 deputados compareceram ao plenário. Para que a votação aconteça é preciso no mínimo 28. Além disso, o governo encaminhou à Alep uma mensagem com emenda substitutiva ao projeto de lei original, acrescentando a categoria de servidores gratificados, que também devem receber este índice de reajuste. O Executivo pediu ainda que o regime de urgência, indicado para a votação da pauta, seja retirado. A expectativa é que a proposta volte a tramitar na câmara somente na semana que vem.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*