Política

Delcídio do Amaral diz que Bumlai atuou em favor de Lula para estruturação de Instituto

 Delcídio do Amaral diz que Bumlai atuou em favor de Lula para estruturação de Instituto
Foto: Divulgação / Partido dos Trabalhadores
Foto: Divulgação / Partido dos Trabalhadores

O ex-senador Delcídio do Amaral, delator da Lava Jato, disse em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que nem todas as doações para campanhas eleitorais eram feitas de maneira oficial. O político disse que, entre outras coisas, as doações, se tratavam de propina. Delcídio do Amaral foi ouvido como testemunha de acusação em segunda ação penal que o ex-presidente Lula responde na Lava Jato em primeira instância. Neste processo, é investigada a compra de um terreno, pela Odebrecht, que seria destinado à construção de uma nova sede para o Instituto Lula. O ex-senador também afirmou em depoimento que o pecuarista José Carlos Bumlai trabalhou para a estruturação do Instituto Lula com ajuda da empreiteira Odebrecht.

Questionado sobre para quem Bumlai estava atuando, o ex-senador respondeu que o pecuarista atuava em favor do próprio ex-presidente Lula. Mas reafirmou que não tinha detalhes da ação, já que não participou de nenhum encontro para tratar do assunto.

Ainda prestaram depoimento nesta segunda-feira (22), o empresário da Toyo Setal, Augusto Ribeiro de Mendonça Neto e o ex-presidente da empreiteira Camargo Correa, Dalton dos Santos Avancini. Na quarta-feira (24), serão ouvidos o ex-diretor de abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa e o ex-gerente de serviços da estatal, Pedro Barusco. A fase com oitivas de testemunhas de acusação termina no dia 5 de junho. Na mesma data começam a prestar depoimento as testemunhas de defesa. A segunda etapa do processo segue até pelo menos 12 de julho. Até o momento, são 113 pessoas que devem depor em favor dos oito acusados. Só os advogados de Lula indicaram 87 testemunhas de defesa no processo. Também respondem criminalmente nesta ação, o ex-ministro Antônio Palocci e o empresário Marcelo Odebrecht.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Deputado paranaenses retornam na Alep na próxima semana

Deputado paranaenses retornam na Alep na próxima semana

Por decisão da Presidência da Casa, não haverá votações na sessão de retomada

Flagrantes de crimes eleitorais serão encaminhados ao Fórum Eleitoral

Flagrantes de crimes eleitorais serão encaminhados ao Fórum Eleitoral

Pessoas que forem flagradas cometendo crimes eleitorais serão encaminhadas ao Fórum Eleitoral da capital paranaense

Eleitor pode justificar ausência por meio do E-Título

Eleitor pode justificar ausência por meio do E-Título

Caso aplicativo não funcione, o cidadão tem prazo de 60 dias para a justificativa

Número de candidaturas coletivas cresce no Paraná

Número de candidaturas coletivas cresce no Paraná

Modalidade busca aumentar a participação no Poder Legislativo