Política

Deputado estadual Fernando Francischini tem o mandato cassado pelo TSE

 Deputado estadual Fernando Francischini tem o mandato cassado pelo TSE

O deputado estadual mais votado do Paraná, Fernando Francischini do PSL, teve o diploma cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, nesta quinta-feira (28). Por 6 votos a 1, os ministros acolheram o pedido da promotoria eleitoral, que acusou o parlamentar de abuso de autoridade e uso indevido dos meios de comunicação.

Nas eleições de 2018, com a votação ainda em andamento, Francischini disse em uma live no Facebook que estava comprovado que as urnas eletrônicas haviam sido fraudadas, para prejudicar o então candidato à presidência Jair Bolsonaro. As denúncias nunca foram comprovadas.

No julgamento, o TSE endendeu as declarações como um ataque às instituições democráticas. Essa foi a primeira vez que a corte cassa um mandato pela divulgação de fake news. Com a decisão, além de perder o mandato, o parlamentar fica inelegível por 8 anos.

Em nota, Francischini lamentou a decisão do TSE e informou que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Reportagem: David Musso/Equipe

David Musso

Apresentador | Repórter | Jornalista | Twitter: @drmusso

TSE promete medidas para evitar filas no 2º turno

TSE promete medidas para evitar filas no 2º turno

Filas foram registradas em todo o país neste domingo (02)

Dallagnol declara apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

Dallagnol declara apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

Assim como ele, o ex-juiz Sérgio Moro também se manifestou a favor de Bolsonaro

Moro declara apoio a Bolsonaro

Moro declara apoio a Bolsonaro

Moro afirma que Lula não é uma opção para o segundo turno

Denúncias de crimes eleitorais aumentam no Paraná em 2022

Denúncias de crimes eleitorais aumentam no Paraná em 2022

O domingo de Eleições teve recorde de ocorrências registradas no aplicativo Pardal, do TSE