Política

Deputado estadual Fernando Francischini tem o mandato cassado pelo TSE

 Deputado estadual Fernando Francischini tem o mandato cassado pelo TSE

O deputado estadual mais votado do Paraná, Fernando Francischini do PSL, teve o diploma cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, nesta quinta-feira (28). Por 6 votos a 1, os ministros acolheram o pedido da promotoria eleitoral, que acusou o parlamentar de abuso de autoridade e uso indevido dos meios de comunicação.

Nas eleições de 2018, com a votação ainda em andamento, Francischini disse em uma live no Facebook que estava comprovado que as urnas eletrônicas haviam sido fraudadas, para prejudicar o então candidato à presidência Jair Bolsonaro. As denúncias nunca foram comprovadas.

No julgamento, o TSE endendeu as declarações como um ataque às instituições democráticas. Essa foi a primeira vez que a corte cassa um mandato pela divulgação de fake news. Com a decisão, além de perder o mandato, o parlamentar fica inelegível por 8 anos.

Em nota, Francischini lamentou a decisão do TSE e informou que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Reportagem: David Musso/Equipe

David Musso

Apresentador | Repórter | Jornalista | Twitter: @drmusso

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Foram entregues, ao governo federal, quatro ofícios com demandas nas áreas de infraestrutura e economia

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

O economista que assume a hidrelétrica acumula uma bagagem de duas décadas de vida pública

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

Paraná tem diretora de Igualdade Racial, Povos Indígenas e Comunidades

A nomeação consolida um movimento importante de nomeações femininas para o primeiro escalão

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

Ex-presidente da Câmara de Almirante Tamandaré é denunciado

A investigação aponta improbidade administrativa para enriquecimento ilícito e danos ao erário